Você pode até não conhecer a Vostu, mas provavelmente já ouviu falar de algum dos seus vários jogos do Orkut e, agora, do Facebook.

Os games sociais viraram uma grande febre nos últimos anos, contudo eles são jogos simples que funcionam dentro de redes sociais e que tem como diversão a interação com seus amigos da rede social.

A febre começou com os jogos que simulavam uma fazenda virtual (FarmVille para Facebook e Colheita Feliz para Orkut), como aqui no Brasil o Orkut fazia mais sucesso na época, o jogo Colheita Feliz foi o que mais fez sucesso.

Apesar dos jogos simples, o mercado de games sociais é hoje um mercado bilionário. Segundo o relatório The Future of Social Gaming 2011, o mercado deverá chegar a 1.25 bilhões de dólares ainda em 2011, o que é um feito e tanto para um mercado que tem apenas poucos anos de vida.

Mas o por que desse modelo de negócio ser tão bem sucedido?

A Vostu é a maior empresa de games sociais do Brasil, possui mais de 50 milhões de usuários inscritos em seus jogos e seu valor de mercado, segundo análises do site especializado em startups TechCrunch, deve chegar a 300 milhões de dólares.

Seu modelo de negócios é um tipo de Freemium, onde os jogos são todos oferecidos de maneira gratuita para atrair o maior número de usuários (procurando criar um efeito viral) e converter um pequeno percentual desses usuários (provavelmente menos de 1%) para comprarem bens virtuais (itens para seus personagens, dinheiro para o jogo, etc).

Esse bem virtual possui um custo praticamente nulo de se reproduzir, o que permite que seja vendido a um baixo preço a muitos usuários, conseguindo um bom ganho devido a escala.

Evidentemente existem riscos nesse modelo de negócios, são eles:

    • Risco de baixa adoção dos usuários grátis
    • Risco de baixa conversão de usuários pagos
    • Risco de ser deixado para trás devido à grande rotatividade dos games sociais
    • Baixa penetração de cartão de crédito no Brasil
    • Baixa penetração de internet no Brasil

A Vostu é mais um exemplo de uma empresa que trouxe um modelo de negócios inovador utilizado lá fora para o Brasil e que teve um grande sucesso.

Porém, devido a baixa penetração dos cartões de créditos no Brasil e a grande utilização de internet pelas lan-houses, a Vostu precisou adaptar o seu modelo de negócios utilizando um sistema pré-pago de créditos para os seus jogos, o Vostupag. Com isso, ela utiliza uma rede de lan-houses associadas para conseguir chegar aos usuários que não tem acesso a cartão de crédito para comprar seus bens pela internet.

Abaixo segue o modelo canvas da Vostu:

 

Vostu

 

View more presentations from Thiago Paiva

Apesar de todo sucesso, a Zynga, maior empresa de games sociais do mundo, abriu um processo contra a Vostu por plágio de jogos. Mas a Vostu se defende dizendo que a própria Zynga plagiou jogos de outras empresas.

A disputa vai ser acirrada, visto que a Vostu está começando a entrar no Facebook (até então dominada pela Zynga) e a Zynga está entrando no Brasil.

Uma prova do sucesso desse modelo de games sociais é o IPO que a Zynga está se preparando para fazer ainda esse ano e que o mercado espera um valor de mercado da empresa entre 15 e 20 bilhões de dólares, o que a tornaria uma das maiores empresas de jogos do mundo.

Além da venda de bens virtuais, existem outros modelos de negócios para jogos, como por exemplo:

  • Assinatura (World of Warcraft)
  • Venda do jogo (jogos de video game)
  • Publicidade (joguinhos de celular)
  • Promocionais (joguinhos feito por marcas para fazer divulgação da marca ou de alguma promoção)

 

E possível fazer uma mistura desses modelos para obter um modelo ainda mais robusto.

Abaixo segue o portfólio de jogos da Vostu e o número de usuários de cada jogo:

    • MegaCity – 8 milhões 
    • Mini Fazenda – 19 milhões
    • Pet Mania – 2,4 milões
    • Café Mania – 15 milhões
    • Rede do Crime – 1,2 milhão
    • Vostu Poker – Pouco menos de 1 milhão
    • Joga Craque – Não encontrado

Fonte: Apresentação da Vostu no SlideShare – http://www.slideshare.net/bplanhouses/vostu

 

#FicaaDica: O mercado de games sociais deve continuar crescendo num ritmo aceledarado, por isso, mesmo empresas especializadas em jogos offline como a Eletronic Art, estão entrando nesse mercado, que deve ficar ainda mais interessante com jogos cada vez mais elaborados. A chegada do Google+ será mais uma plataforma para os desenvolvedores e usuários de games sociais utilizarem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s