O desenvolvimento de produtos sem a interação com os clientes acaba, na grande maioria dos casos, em fracasso.

Startups não podem se dar o luxo de falhar logo no seu primeiro produto, pois possuem poucos recursos. Por esse motivo, Steve Blank, no livro The 4 Steps to Epiphany, fala da importância do customer development (desenvolvimento de clientes) para startups.

O ponto principal é bem simples, ao invés de desenvolver um produto que você acha que as pessoas querem, saia do prédio e vá falar com elas, desenvolva um MVP (sigla em inglés para Mínimo Produto Viável) e coloque para elas testarem o seu MVP. 

Com esse procedimento, você tem muito mais chance de seu produto ser algo que as pessoas realmente precisem e queiram utilizar.

A partir desse conceito de customer development que o Eric Ries desenvolveu o conceito de Lean Startup.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s