Não adianta, seu cliente dificilmente vai pensar da mesma forma que você! A não ser em raros casos em que você é o seu público-alvo (seu produto está solucionando um problema seu) e você pensa da mesma forma que a maioria deles.

Para solucionar esse problema, faça o customer development! Se você não sabe o que é isso?

Veja aqui um bom artigo sobre o assunto:

http://www.manualdastartup.com.br/blog/customer-development-o-processo-para-se-chegar-ao-productmarket-fit/

E um post sobre o livro Running Lean que explica também esse assunto:

http://modelodenegocios.tumblr.com/post/8698873985/leancanvas

Ou leia o livro The Four Steps to Epiphany onde o Steve Blank criou o termo:

                                              


http://www.stevenblank.com/books.html

Resumindo o conceito, valide suas hipóteses de problema e solução conversando com potenciais clientes e aprenda com eles.

E não se esqueça, apesar de seu produto poder ser um lixadeira de alta rotação para lixar metais, vai existir algum tonto que vai querer utilizá-la para lixar a unha do pé! Por isso, pegue seu protótipo e deixa seus clientes tentarem usar para ver como eles iram usar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s