Na minha visita aqui pelo vale eu conheci uma startup muito legal para se conhecer lugares na cidade, o Yelp está crescendo muito forte aqui e praticamente todos os estabelecimentos possuem suas informações lá e alguns reviews.

Fiquei curioso para saber se tinha alguém fazendo isso bem no Brasil. E foi quando me falaram que o Kekanto estava crescendo muito forte e não apenas no Brasil como na América Latina.

Fiquei surpreso, pois a primeira vez que fiquei sabendo do Kekanto, foi num pitch deles num evento de startup onde eles se apresentaram como um local para se indicar profissionais liberais, tipo encanador, eletricista, entre outros. Aparementemente, eles viram o grande crescimento do Yelp por aqui e resolveram pivotar, o que tem se mostrado uma excelente ideia pelo crescimento da startup.

A Kekanto surgiu em maio de 2010 quando os alunos da USP Fernando Okumura, Allan Kajimoto e Bruno Yoshimura resolveram solucionar um problema que eles tinham, que era o de encontrar bons profissionais liberais.

Depois eles pivotaram e agora são um guia para se encontrar os melhores estabelecimentos da cidade, onde os próprios usuários colocam reviews de lugares e contam suas experiências. Eles seguem um modelo chamado de user content generation (geração de conteúdo pelo usuário), dessa forma o trabalho grosso é feito pelos próprio usuários que vêem valor em ajudar, além disso eles possuem uma estratégia de gamefication semelhante ao do Foursquare com check-ins, prefeitos e badges. O bom desse modelo é que ele é totalmente escalável e viral, pois quanto mais pessoas os usuários chamarem para o Kekanto, mais e melhores recomendações terá a plataforma.

Atualmente, a plataforma possui quase 4000 mil estabelecimentos só em São Paulo e está presente em quase todo o Brasil, na Argentina, Chile e México.

Eles já receberam investimento anjo do Florian Otto (CEO do Groupon) e Vinicius Marchini (sócio do fundo de private equity BRPartners), além de investimentos dos fundos de VC Accel Partners e Kaszek Ventures.

 O modelo de receita deles é baseado em publicidade, eles possuem alguns anúncios do Google Ads espalhados pelo site e links patrocinados, onde um comerciante pode pagar para colocar o estabelecimento dele em destaque, similiar ao que o Google faz com sites.
Abaixo segue o modelo canvas deles:

.

.

Eles possuem dois grandes desafios, o de engajar os usuários a fazerem reviews e o de convencer os estabelecimentos comerciais a investirem em publicidade na plataforma deles.

Uma boa notícia para eles é que o Foursquare cresceu 800% em um ano e está ajudando a mudar a mentalidade tanto dos usuários quanto dos comerciantes, pois a plataforma e os desafios são semelhantes. O problema é que são bem semelhantes e de certa forma eles competem entre si.

Além disso, tem o crescimento acelerado dos smartphones no Brasil que ajudará o crescimento deles, visto que a conveniência de colocar um review no momento que o usuário está no estabelecimento aumenta a probabilidade dele dar um review.

.

#FicaaDica: A Kekanto surgiu para solucionar um problema, mas logo percebeu um problema maior para solucionar e não teve medo nem vergonha de pivotar. Dessa forma ela conseguiu encontrar um mercado maior e aumento o seu crescimento, também usou a experiência bem sucedida do Yelp como exemplo e poupou muito esforço com isso. Não tenha medo de pivotar e vergonha de usar outra startup como exemplo, pode ser inclusive como um exemplo do que não queremos ser.

.

Anúncios

2 comentários sobre “Modelo de Negócios – Kekanto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s