.

Nota do editor: Este artigo é de autoria de João Augusto Zaratine, CMO do sistema de gestão de empresas online ContaAzul  e convidado para nos contar um pouco sobre o modelo de negócios de sua startup.

Nossa história começou na Informant, empresa de desenvolvimento de software localizada em Joinville, quando criamos uma solução interna para gerenciar nossas próprias financias. O Software funcionou resolveu nossos problemas muito bem e o batizamos o sistema de Ágil ERP. Com o nosso Minimum Viable Product (MVP), ) começamos o trabalho de vendas sempre atentos ao feedback dos nossos clientes para evoluir o produto.

De olho em um grande player no mercado americano, o Quickbooks, percebemos que o Agil ERP poderia ser muito maior do que qualquer software que já entregamos para um cliente na Informant. Atualmente cerca de 80% das empresas americanas usam o Quickbooks, e em 2011 seu faturamento chegou na casa de 4 bilhões de dólares. Vimos que o mercado brasileiro era muito favorável para um sistema como esse pois, segundo uma pesquisa do Sebrae de 2008, 86% das micro e pequenas empresas no Brasil utilizavam papel e caneta para gerenciar suas finanças.

As oportunidades eram enormes, e estávamos com muita energia pra fazer tudo acontecer, para viver o famoso “startup dream”, mas com nosso MVP no ar vimos que precisávamos muito mais do que um sistema online que fazia o mínimo pelas empresas.  Mais do que investimento, naquele ponto precisávamos de mentoria de pessoas com experiência maior que a nossa.

Neste ponto conhecemos a Bedy Yang, em um dos eventos do BR New Tech. Dois meses depois embarcávamos para o Vale do Silício para sermos acelerados pela 500 startups. Ali aprendemos que trazer um modelo de negócios de sucesso nos Estados Unidos para o Brasil é muito mais desafiador do que se pensa, o usuário brasileiro ainda olha a internet com muita desconfiança, ele precisa de suporte e apoio o tempo todo. Ter um canal de suporte por telefone ajuda muito na retenção e no relacionamento com os clientes, eles se sentem muito mais à vontade quando têm alguém do outro lado para conversar e ouvir a voz.

O usuário brasileiro também precisa de uma interface muito mais intuitva e explicativa. Ter um time de User Experience dentro da empresa pode fazer toda a diferença e as empresas brasileiras estão começando a se abrir para isso. Nos Estados Unidos a boa usabilidade é lei e chega até a ser o diferencial competitivo de algumas startups.

Para maximizar a proposta de valor do nosso modelo de negócios trocamos todo o conceito da empresa. O Agil ERP passou a se chamar ContaAzul, e começamos a trabalhar este conceito da tranquilidade e segurança, que só uma conta com saldo positivo pode gerar, em todos nossos nossos canais de contato com o cliente. Não basta ter um modelo inovador para gerar receita ou um grande mercado para crescer.

.

Conta azul - Modelo de Negócios - WorkHard & Be Nice to People

Nosso maior aprendizado é que a experiência dos nossos clientes com o nosso suporte, com a nossa marca e com o nosso sistema é o que vai nos diferenciar dos concorrentes e nos fazer ganhar mercado.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s