4 Ferramentas para começar sua startup de modo lean

Começar usa primeira startup não é uma tarefa fácil, mas existem caminhos que quando tomados ajudam a sua equipe a economizar tempo e dinheiro nesta longa caminhada em busca de um modelo de negócios repetitivel, escalável e inovador. Trouxemos neste artigo 4 ferramentas para startups lean, confira:

1. QuickMVP

quickmvp-logo

O QuickMVP é uma ferramenta super simples para ajudar você a validar seu modelo de negócios em 5 minutos. Lançado pela equipe do Lean Startup Machine, atualmente é o único app que mistura de maneira simples e intuitiva um criador de landing pages com um editor de anúncios para o Google Adwords.

passo a passo quickmvp

2. Logovia

Na etapa onde você não sabe se a sua startup vai durar até o próximo mês, criar uma Logo, Slogan ou Flyer  com a Logovia pode ser uma ótima opção. A base de designers da ferramenta recebe seu briefing, publica as versões do produto que você escolheu e depois você paga somente a versão que mais gostar!

3. Asaas

Trabalhar com a integração de gateways de pagamento dentro do seu produto pode ser uma tarefa difícil em uma etapa onde você nem sabe ao certo se o que está vendendo de fato vai gerar tração. Se a sua startup é uma Software As a Service fica ainda mais difícil pois a mão de obra para este tipo de integração de pagamento como assinatura é ainda mais escassa.

print screen asaas

A startup Asaas, de Joinville, criou uma ferramenta de fácil integração para você fazer cobrança recorrente de seus clientes e ainda gerenciar seu saldo, transferência e emissão de boletos. Prática e intuitiva para você focar no desenvolvimento do seu produto enquanto o sistema se carrega das suas cobranças.

4. Lead Pages

Criar páginas que convertem visitantes em leads muitas vezes exige conhecimento de Conversion Rate Optimization, testes A/B e Arquitetura de Informação. A sacada do Lead Pages é ajudar você a encurtar este caminho entre o seu conhecimento técnico e a aquisição de novos potenciais clientes. A ferramenta possui diversos modelos de landing pages que você pode editar e customizar os textos, botões, imagens, colocar códigos de conversão para medir campanhas de facebook e Google Adwords além de uma ferramenta simples para fazer testes A/B em landing pages.

lead pages

Apesar da ferramenta ser um pouco cara, você pode encontrar cupons de desconto que funcionam buscando o termo “coupon leadpages” no Google.

Workshop – Running Lean do Ash Maurya

Workshop – Running Lean do Ash Maurya

Um dos grandes nomes do movimento Lean Startup e do Business Model Generation está vindo ao Brasil para fazer o workshop Running Lean. Ash Maurya desenvolveu o Lean Canvas, uma metodologia que juntava o essencial dos dois movimentos citados sendo que de forma aplicada para startups de internet.

A algum tempo atrás eu escrevi um post sobre o Lean Canvas e fiz uma apresentação resumindo o livro dele Running Lean (agora o livro foi atualizado, ao contrário da apresentação). Clique aqui quem tiver interesse.

Serão dois workshops,  no Rio de Janeiro (03 de abril) e em São Pualo (05 de abril) que a Biz Agility está organizando. Acredito que é uma excelente oportunidade para aprender com um dos especialistas do tema no mundo.

Vou avisando que o workshop é um pouco caro, pois não deve ser nada barato trazê-lo para cá, porém com certeza vai ser muito bom para quem puder participar. Infelizmente não poderei participar pois estarei viajando, vou ter que ir no próximo que tiver! Aproveitem por mim!

Abaixo segue o folder sobre o workshop dele e outros cursos de Scrum oferecidos pela Biz Agility:

 

Workshop Ash Maurya no Brasil - Running Lean
Modelo Lean Canvas

Eu já conhecia o modelo Canvas (do livro Business Model Generation) a algum tempo, porém recentemente fui apresentado à metodologia do Lean Canvas pelo Millor Machado (Cofundador do Empreendemia e do blog Saia do Lugar) e achei sensacional.

O conceito desenvolvido pelo Ash Maurya é uma mistura da metodologia do Lean Startup e do Customer Development com o modelo Canvas aplicado no desenvolvimento de startups baseadas na internet.

O Customer Development é uma metodologia desenvolvida pelo Steve Blank e descrita em seu livro The Four Steps to Epiphany onde ele inverte a lógica do desenvolvimento das startups mudando o foco do produto para o cliente.

Já a metodologia do Lean Startup foi criada pelo Eric Ries e é uma aplicação do Lean Thinking da Toyota para o desenvolvimento de Startups junto com os conceitos de Customers Development.

O modelo Lean Canvas é muito interessante para startups iniciantes, onde a empresa ainda não tem todas as informações para criar um bom Canvas, além disso foca em pontos mais importantes para esse começo da startup (Ação Certa, Momento Certo).

O livro Running Lean é muito prático e direto, gostei muito dele pois ele não só apresenta o modelo Lean Canvas, como toda uma metodologia para o desenvolvimento de startups baseadas na internet.

Como grande parte das startups brasileiras nascentes são baseadas na internet, achei interessante tentar resumir essa metodologia numa apresentação com os principais frameworks e as melhores dicas. Resolvi deixar a parte final do livro de fora por questão de espaço, quem sabe eu faça uma parte II para completar.

Segue abaixo a apresentação no Slideshare:

 

Running Lean

View more presentations from Thiago Paiva

 

Adoraria ouvir os comentários e sugestões de vocês sobre essa apresentação.

Também fiz uma versão em inglês, segue o link caso prefiram:

http://www.slideshare.net/ThiagoPaiva/running-lean/

Claro que essa apresentação não substituir ler o livro, que por sinal é muito interessante e bem prático. Você pode comprar o pdf do livro por 19 dólares ou por um tweet (como meu tweet não vale tanto, ainda, eu preferi fazer o tweet) no link abaixo:

http://www.runningleanhq.com/

O próprio Ash Maurya desenvolveu uma ferramenta para se criar os Lean Canvas pela internet, vale a pena usar:

http://leancanvas.com/

Todos os livros citados nesse post são listados no final da apresentação, vale a pena ler todos, mas alguns são bem difíceis de se encontrar aqui no Brasil.

 

#FicaaDica: Essas metodologias Lean são extremamente interessantes para startups brasileiras, pois o custo de se abrir uma empresa aqui e de lançar um produto errado aqui no Brasil é muito alto. Por isso, evitar o disperdício de tempo e dinheiro é essencial para as startups poderem sobreviver nesse ambiente pouco propício para pequanas empresas que temos ainda no Brasil.