Comemoração de 1 ano de Startup Biz Model!!!

Comemoração de 1 ano de Startup Biz Model!!!

E o blog Startup Biz Model completou 1 ano (ok, na verdade foi dia 27/06), mas só agora eu consegui completar um presente de aniversário para todos os leitores desse blog.

Eu compilei os 10 modelos mais visitados das 28 startups que falei durente esse 1 ano em um documento, esses modelos foram atualizados e compartilhados com as startups (a maioria viu e aprovou, algumas  infelizmente não me responderam), dessa forma acredito que o material ficou muito bom e que vocês vão gostar.

Mas qual o meu objetivo com isso?

  • Divulgar modelos de negócios inovadores de startups brasileiras
  • Divulgar o modelo canvas como ferramenta para análise e criação de modelos de negócios
  • Divulgar o meu blog  para uma audiência ainda maior

Eu realmente espero que todos vocês gostem dessa compilação e que divulguem para seus amigos e empreendedores conhecidos.

Façam o download abaixo:

TOP 10 Modelos de Negócios

Abraços e obrigado pelo apoio!

.

Modelo de Negócios – Zazcar

Modelo de Negócios – Zazcar

Nessa semana eu estava pensando em fazer uma análise do modelo de negócios do Zipcar, para quem não conhece é uma startup muito lega aqui do Vale do Silício que usa o modelo de compartilhamento de carro, quando eu descubro que existe uma startup brasileira chamada Zazcar que está levando esse conceito para o Brasil.

A Zazcar é basicamente um copycat do Zipcar, o que não a desmerece de forma nenhuma, mas talvez ela devesse arriscar um pouco mais inovando ao invés de copiar tudo.

Você deve estar se perguntando: “Ok, mas o que você quer dizer com compartilhamento de carro?”, então, o modelo de compartilhamento de carro que a Zazcar e o Zipcar usam funciona da seguinte forma:

As pessoas fazem uma inscrição e recebem um cartão, que serve para desbloquear o carro, e podem reserva carros por hora ou dias pela internet ou pelo telefone.

A companhia tem carros espalhados pela cidade em pontos estratégicos, onde as pessoas destravam o carro reservado com o cartão e podem dirigir pelo tempo reservado, depois elas devem devolver o carro para o mesmo local que o pegaram. Caso o tanque esteja abaixo de 1/4, a pessoa deverá colocar combustível, que é pago pela própria Zazcar com um cartão que fica no carro para esse fim.

Ess modelo é bem interessante para pessoas que optaram por não ter um carro devido aos custos envolvidos ou por terem um pensamento sustentável, mas que de vez em quando precisam do carro por curtos períodos de tempo.

O Zipcar está funcionando nos EUA muito bem, existem diversos pontos espalhados pelas principais cidades, geralmente esses pontos ficam próximos a centros comerciais, universidades, empresas e pontos turísticos.

O modelo de receita é das duas é basicamente igual, cobram uma taxa de inscrição e depois por hora/dia de aluguel do carro, caso a pessoa use muito o serviço, ela pode pagar uma mensalidade e ter o preço da hora/dia reduzido.

Abaixo segue o modelo canvas:

 

 

É interessante notar que mesmo a Zazcar sendo um copycat e tendo um modelo de negócios validado nos Estados Unidos, ela enfrentará alguns problemas diferentes no Brasil:

  • Os custos operacionais serão mais caros devido aos custos com carro, seguro e combustível serem mais altos do que nos Estados Unidos;
  • Roubos de carros são mais frequentes;
  • Cultura do brasileiro de sempre quere levar vantagem;

Uma coisa que eu gostei deles é que eles estão se posicionando para o jovem profissional e estão investindo em carros que esse público acha “cool” (Smart, 500 Novo Uno…)

Resumo da ópera, eu gosto muito do conceito, acredito que tem um grande potencial para crescer no Brasil, entretanto acredito que tem alguns problemas a serem solucionados. Torço bastante para a Zazcar dar certo para expandir para outras cidades e, quem sabe, atrair concorrentes para acelerar ainda mais essa expansão.

#FicaaDica: Não se preocupe em ser um copycat, se preocupe em achar um problema e tente solucioná-lo da melhor maneira que encontrar, que pode ser através de um modelo existente no exterior. É importante lembrar que mesmo os copycats precisam melhor a vida de um segmento de clientes de alguma forma, não copie por copiar, veja se o problema ou oportunidade existe e se existe um mercado grande o suficiente para satisfazer a sua ambição.